Tentativa de Atropelamento Desenfreado por Falta de 5 Dobras no valor do Táxi de Cidade Capital a Neves.

0
Tempo de Leituta: 2 minutos

Um taxista que fazia o trajeto cidade capital a Neves na noite desta Terça-feira por volta de 19:30 tentou um atropelo desenfreado a uma cliente por falta de 5 dobras no valor do táxi cobrado pelo o taxista a referida cliente.

Segundo a cliente com lágrimas nos olhos, tremendo de medo pelo facto de sentir-se em perigo devido às ameaças do taxista, respondeu ao mesmo que não tinha dinheiro suficiente para pagar o táxi, segundo ela o taxista não concordou e foi daí que os ânimos exaltaram-se e as coisas saíram fora de controle, e quando deu por si, o taxista tinha-lhe agarrado as pernas tentando expulsa-lá do referido táxi e a mesma acaba por bater com a cabeça no chão.

Perante esta atitude agressiva do taxista, foi quando decidiu  pegar numa arma branca “manchin”  para me tentar defender do taxista, logo depois pós-se em fuga para evitar mais discussões, mas o taxista nervoso e insatisfeito pega na sua viatura e arranca na direção da cliente com velocidade e quase que lhe atropela e algumas crianças que se encontravam na berma da estrada.

Tudo por causa de 5 dobras em falta no valor do transporte entre a Cidade Capital e Neves, numa altura em que o taxista estava fora de controlo quase atropelando pessoas na via pública, dirigia o carro em direção da vitima, por sorte conseguiu afastar-se e o manchin que trasia na mão bateu num dos vidros da viatura.

Depois disso o taxista faz recta guarda e acaba entrando numa residência a beira da estrada. Como se não bastasse o taxista pega numa faca e vai a residência da cliente tentando esfaquea-la, por sorte neste exato momento havia alguns familiáres da vitima no quintal que conseguiram empedir que o taxista fosse avante com a sua intenção.

Por outro lado a nossa equipa tentou ouvir a versão do taxista mas sem sucesso, numa altura em que o mesmo estava alterado e stressado com toda a situação que se tinha passado.

Cidade Capital a Neves

Mais o que tudo indica é que diante deste facto houve uma tentativa de assassinato, excesso velocidade, invasão e danificação propriedade, e uma familia que ficou sem teto durante essa noite.

Segundo as informações que tivemos, o táxi foi removido do local com a autorização da policia local mas sem que os peritos fizessem os trabalhos para apurar as veracidades dos factos.

Segundo os moradores locais o taxi teve de ser removido as pressas para não sofrer vandalismo por parte da população ou dos familiares da vitima.

Foi assim o desfecho da tentativa de um atropelamento desenfreado por parte de um taxista que fazia trajeto Cidade Capital a Neves, causando danos morais e materias na noite desta terça-feira a mais uma família.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More