Organização Mundial de Saúde Procura Parcerias Para Ajudar o País a Erradicar o Paludismo

0
Tempo de Leituta: 2 minutos

OMS procura parcerias para ajudar o País a erradicar o paludismo/malária  parceiros como: Governo, Banco Mundial, União Africana com finalidade de trabalhar com os parceiros internacionais relevante na erradicação de doenças evitáveis e de promoção de saúde continental, contribuir e financiar o país com tratamentos e medicamentos e ajudar o governo a desenvolver e capacitar medidas à acessos de prevenção.

Organização mundial da saúde(OMS) é uma agência especializada em saúde da Organização das Nações Unidas, cujo o objectivo é desenvolver ao máximo possível de saúde de todos os povos como um estado de completo bem-estar físico, mental e social. A sua função é erradicar a malária(paludismo), HIV/sida e outras doenças.

A saúde de todos os povos é uma condição fundamental para alcançar a paz e a segurança defendendo mais ampla cooperação de pessoas e Estados.

Paludismo é uma doença infecciosa provocado por várias espécies produzido por um micróbio protozoário Plasmódio transmitida por picada de mosquitos chamado Anopheles. É causada por mosquito fémia, sendo que o macho não tem o mesmo habito alimentar que as fémias. Aqueles que causam a doença são 4 protozoários do género Plasmódio do Agente Etiológicos que são: Falciparum, Vivax, Malarie e Ovale (o Ovale só existe na África).

Através da picada do mosquito na pessoa o Plasmódio alcança circulação sanguínea e pode surgir alguns sintomas como: febre alta, calafrios, suor abundante, dor de cabeça forte, dor do corpo, falta de apetite, cansaço e insónia. Em casos mais graves as pessoas podem apresentar crises convulsivos, desmaios causados pela anemia e pela diminuição da taxa de açúcar. Mas a malária só é confirmada por um exame laboratorial em que o sangue da pessoa é retirado e colocado numa lamina.

A malária é uma das doenças que causam mais mortes a nível mundial e continua sendo o grande problema de saúde publico. Existe algumas formas de prevenção para erradicar o paludismo que são: dormir em baixos dos mosqueteiros, afastar das zonas pantanosas, colocar telas proctetoras ou cortinas nas janelas, não deixar acumular água em poças, pneus, latas e vasos de plantas.

Em São Tomé e Príncipe o Paludismo ainda não foi alcançado porque não existe colaboração dos povos na parte de prevenção, mesmo que tem melhorado muito. O paludismo é um dos entraves no desenvolvimento económico do país e apresenta um peso no sistema de saúde.

Logo, a malária é uma doença que precisa ser tratada dês dos primeiros sintomas, porque pode matar e criar outras complicações na saúde do paciente. É importante prevenir e aceitar as ofertas dos mosqueteiros da parte do governo e abrir as portas para a pulverização das casas.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More