Novamente Japão apoia o Governo Santomense com Ajuda Alimentar em Forma de Arroz

0
Tempo de Leituta: 2 minutos

Aquando da viajem do Primeiro Ministro, Jorge Bom Jesus em missão de trabalho a Yokohama, em Agosto do corrente ano. O governo Japonês decidiu aumentar a ajuda alimentar em forma de arroz para São Tomé e Príncipe, onde ainda o Japão prometeu continuar a ajudar no financiamento das eleições do país.

Mais uma vez Japão ajuda São Tomé e Príncipe com uma oferta de arroz, que ronda 2,4 milhões de Euros. O acordo assinado pela Ministra dos Negócios Estrangeiros, Elsa Pinto e o embaixador japonês, Massaki Sato, na manhã de 11 de Novembro de 2019, é referente ao ano fiscal de 2019.

Entretanto, a Ministra declarou que é com muita satisfação que assinou esse acordo de ajuda alimentar em forma de arroz com o Japão, uma vez que com a venda desse produto gerará fundos na moeda nacional, e assim se consegue financiar projectos e acções que vão contribuir para o desenvolvimento do país.

No entanto, a referida ajuda alimentar servirá para promover acções que visam a melhoria de oferta a população, melhoria de oferta dos serviços da educação, da cultura, do desporto e lazer. Nesta linha de pensamento, Elsa Pinta diz que vários projectos foram apresentados ao governo japonês, e aguarda ansiosamente pela resposta.

A Ministra declara que “as ajudas alimentares não podem ser eternas”, por esse motivo o governo no qual faz parte, tem esforçado de forma a diminuir a dependência externa, priorizando o desenvolvimento da agricultura e a pesca, sectores de auto-suficiência alimentar vinculado da implementação do objectivo número 1 de desenvolvimento sustentável( erradicar a pobreza).

Porém o embaixador japonês deseja que a ajuda alimentar em forma de arroz oferecido a São Tomé e Príncipe possa contribuir para a segurança alimentar, a estabilidade económica no país, e além disso financiar os projectos de desenvolvimentos.

Depois da Ministra Elsa Pinto e o embaixador Massaki Sato acertarem todas as questões de cooperação entre os dois países, o embaixador japonês também viajou para região autónoma do Príncipe, onde assinou um acordo com o presidente da Associação dos Pescadores das Praias das Burras. O acordo foi de 64 mil Euros que tem como propósito melhorar as actividades piscatória da ilha do Príncipe.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More