Câmara Municipal de Seixal de Portugal Reforçou a Cooperação de Amizade com a Câmara de Lobata

0
Tempo de Leituta: 2 minutos

Câmara de Lobata recebeu no final-de-semana passado uma visita da delegação da Câmara Municipal de Seixal  com objectivo de reforçar as relações de amizade e cooperação sobretudo no sector de saneamento do meio através de meio material.

Neste encontro estiveram presentes o presidente da Câmara de Lobata, Arlindo Guê, e a chefe da delegação da autarquia de Seixal de Portugal Helena Profecina, em que ambas as partes visaram algumas instituições desta autarquia da cidade de Guadalupe.

A chefe da delegação da autarquia de Seixal disse que esta missão visa conhecer melhor o executivo de Lobata, conhecer os colegas e dar início a um trabalho de diagnóstico das necessidades e avaliação da capacidade.

Contudo, reforçou que ao nível de água potável tiveram uma intervenção em termos de recuperação das condutas de distribuição e sublinhou que a Câmara Municipal de Seixal apoiou financeiramente a Câmara de Lobata na reconstrução das condutas e distribuição, bem como disponibilizou um conjunto de equipamentos que são essenciais para recolhas do resíduo sólido em Lobata.

Helena Profecina disse que a delegação irá fazer o possível para retirar um caminhão de recolha com capacidade de 19 toneladas que já se encontra nas alfândegas de São Tomé e Príncipe, incluindo outros materiais que já trouxeram.

Portanto essa visita teve como objectivo ver e reforçar as relações de cooperação municipal que existe há mais de 20 anos entre as duas Câmaras.

Porém antes do encerramento da visita da comitiva, tiveram a oportunidade de visitar alguns pontos turístico de Lobata, nomeadamente, Lagoa Azul, Cascata do Jardim Botânico de Agostinho Neto, a casa Eco-museu de Morro peixe entre outros espaços do distrito.

Em suma, durante a visita da delegação da autarquia o líder da autarquia de Lobata fez-se acompanhar dos antigos presidentes do mesmo distrito designadamente, Filinto D’Alva e Hermenegildo dos Santos.

“Esses materiais estão no país com objectivo de apoiar a Câmara no que precisar, e esperam que tanto a Câmara como a população façam o bom uso de forma que dure mais tempo”, acrescentou a chefe da delegação.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More