Cães Abandonados na Cidade de STP, Quais as Causas Consequências e os Supostos Problemas Para a Sociedade

0
Tempo de Leituta: 3 minutos

A questão dos cães abandonados na cidade de STP é um problema que aflige a sociedade á várias décadas.

Numa audiência concebida pela antiga Ministra da Saúde, Maria Jesus Trovoada, ao representante da FAO para São Tomé e Príncipe no dia 08 de Agosto 2018.

A mesma reunião teve como tema a preocupação do Governo no que toca a propaganda de zoonoses, que são doenças infecciosas transmitidas pelos animais.

Portanto na reunião procuravam encontrar em conjunto uma solução para a proliferação das zoonoses, e um dos assuntos mais debatido na reunião foi a questão do crescente número de caninos na capital do país.

Contudo quem caminha pela capital no dia-a-dia não podem deixar de reparar na quantidade de cães que caminham pelas ruas e para além dos possíveis ataques, os cães constituem um perigo rodoviário pelo aumento.

Uma das recomendações deixadas na reunião corre ao encontro da sensibilização e educação da população quanto a propagação de zoonoses e é preciso promover a consciencialização das pessoas relativamente às condições de abrigo, alimentação e saúde dos animais domésticos.

Cães abandonados na cidade de STP
Cães nas ruas remexendo os lixos

Porque, os cães não tratados, não vacinados e vermifugados podem constituir uma ameaça para a saúde pública, então a FAO fez chegar ao país consultores e especialistas na matéria como forma de resolver o problema em questão.

Rumaram a África três estudantes de Medicina Veterinária portuguesa com objectivo de prestar assistência aos médicos veterinários de vários países do continente africano.

O mesmo foi financiado pela Australian Aid e com a colaboração da Direcção da Pecuária de São Tomé, prestando auxilio na esterilização de cerca de 110 cães e no tratamento de doenças como a sarna.

Clínica Veterinária para cães abandonados na cidade de STP e não só

Em São Tomé, tem uma única clínica veterinária localizada no parque popular onde o responsável é o doutor Filipe Bonfim médico veterinário, professor universitário, esta clínica abarca todos os cães e gatos do país já a 13 anos.

Cães Abandonados na Cidade de STP, Quais as Causas Consequências e os Supostos Problemas Para a Sociedade
Doutor Filipe na clínica na consulta com os cães de um dos seus clientes

Porém em relação aos cães vadios o doutor disse que é necessário conceber um plano estratégico que visa a médio prazo a eliminação desses cães vadios por meio da castração. 

Todos os animais domésticos podem transmitir doenças quando não são cuidados, pois 60% das doenças que existem no mundo têm as características de serem doenças zoonóticas.

Doenças zoonóticas quais são:  

 

Possíveis problemas Causados

Por isso quem quiser adoptar qualquer animal tem que ter paciência e amor, pois todos os animais ou seres vivos precisam de amor e carinho, acrescentou o doutor. Pois os cães quando são abandonados vão todos parar na cidade capital do país e que num percurso do tempo, podem causar alguns danos como acidentes entre os veículos por estarem a andar sem rumo entre outros problemas específicos.

Contudo em São Tomé só existe uma clínica veterinária mas tem alguns veterinários que trabalham quando os clientes ligam e peçam pelos serviços, e por isso o responsável da clinica alegou que de tudo irá fazer para acabar ou diminuir o número de cães abandonados nas ruas.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More